Artigos

25/07/2018

O Evangelho e a Justiça

Penso que nos apresentamos nestes encontros, após a pausa de verão, tendo todos, um pouco na alma, o impacto dos últimos dramáticos acontecimentos. Mas estes acontecimentos, que poderiam como primeiro efeito trazer uma escuridão em nossas almas, de fazer vacilar o sentido da existência humana e da convivência entre os homens, se interpretados na sua profunda origem, levam a reforçar a convicção do estreito relacionamento que existe entre todos os homens e na humanidade toda e da necessidade de trabalhar pela fraternidade dos homens e pela justiça que é o seu fundamento.

Esse texto contém anexo


Autor(es)

Luiz Antonio de Araújo Pierre