Biografias

26/07/2018

PHILOSOPHUS BRASILIENSIS

...Ao morrer, em 1968, Mário Ferreira dos Santos deixou, além de uma quase
centena de livros publicados, uma volumosa coleção de inéditos, entre os quais se
encontram - posso assegurar - suas obras mais valiosas.
Dentre elas, destacam-se estas Leis Eternas, que um exame objetivo
permite situar, sem qualquer exagero, como um dos cumes do pensamento
metafísico no século XX...

...Em qualquer país sério, um legado filosófico deste porte seria
considerado patrimônio nacional e haveria equipes técnicas, sob estipêndio do
Estado, esforçando-se para organizar os manuscritos, editá-los, estudá-los e discuti-
los sob todos os aspectos. Mário Ferreira é, afinal, de pleno direito, o Philosophus 
brasiliensis; sua obra testemunha a eclosão, tardia mas esplêndida, de uma
consciência filosófica integral neste país e marca, assim, o verdadeiro ingresso do
Brasil na história espiritual do mundo, já não na condição de ouvinte, mas na de
orador e mestre...


Autor(es)

Olavo de Carvalho