Livros

A Justiça de Toga

Autor(es): Ronald Dworkin

Editora: Martins Fontes


"Poucos filósofos ou advogados têm um estilo literário tão cativante quanto Dworkin, e a fluência de sua argumentação é extremamente persuasiva. Ele revolucionou a maneira como muitas pessoas interpretam o Direito e os assuntos relacionados a este tema... o poder de seus pensamentos é enorme." - Times Literary Supplement

Neste livro, Ronald Dworkin defende a ideia de que a influência das convicções morais de um juiz sobre suas opiniões a respeito do que é o direito é muito mais complexa do que se costuma imaginar e implica dimensões semânticas, teóricas e doutrinárias – das quais se depreende uma estreita relação entre o direito e a moral. O autor reafirma e sintetiza sua descrição dessas relações, de resto já amplamente discutida em outras obras, e, ao fazê-lo, sublinha a importância soberana do princípio moral na interpretação jurídica e constitucional; em seguida, passa em revista e avalia as teorias mais influentes dentre as que se mostram incompatíveis com as suas próprias concepções.